Cartola - O Mundo é um Moinho chega a Goiânia
    Musical, com dramaturgia de Artur Xexéo, narra trajetória de um dos maiores ícones brasileiros do samba 

     

     

     


    O espetáculo musical Cartola O Mundo é um Moinho será apresentado no Teatro Rio Vermelho, em Goiânia, dia 5 de agosto, às 21 horas. O musical conta a trajetória de um dos maiores nomes do samba: Cartola - fundador de uma das mais antigas e, certamente, a mais popular Escola de Samba, A G.R.E.S. Estação Primeira de Mangueira.

    A trama se desenha em meio a um universo familiar para Cartola: dentro de uma escola de samba que desenvolve justamente o cantor e compositor como enredo. O carnavalesco da escola discorre o tema para os componentes da agremiação. A partir daí, inicia-se uma deliciosa e rica história que passeia por fatos marcantes da vida do mestre Cartola, temperado por suas belas canções e composições e abordando os conflitos do cotidiano da construção de um desfile de carnaval.

    Naturalmente, o musical também mergulha fundo no coração do sambista, ao falar da paixão de Cartola pela Mangueira e pelo amor a sua eterna companheira Dona Zica, com quem foi casado e dividiu sua vida por 26 anos. Arlindo Cruz, em parceria com Igor Legal, compôs, com exclusividade, o samba-enredo Mestre Cartola que encerrará o espetáculo.

    Como parte da proposta, a cada semana, o musical se apresenta com um cantor convidado no Teatro. Já se apresentaram na primeira temporada nomes de grande importância no mundo do samba: Alcione, Péricles, Jorge Aragão, Leci Brandão, Sandra de Sá, Dudu Nobre, Xande de Pilares, Eliana de Lima, Arlindo Cruz, Roberta Sá, Fabiana Cozza, Tobias da Vai Vai.

    A seleção dos atores foi um capítulo à parte. Foram 3000 inscrições; 400 pré-selecionados; 16 candidatos selecionados e dois convidados: o ator Flavio Bauraqui (Cartola) e a atriz Virgínia Rosa (Dona Zica). O elenco reúne 18 atores e oito músicos. “O espetáculo ganhou proporções maiores do que apenas uma peça teatral, se tornando uma grande ação de empoderamento dos artistas negros deste País, além de revelar novos talentos/atores e atrizes negros”, declara Jô Santana, idealizador e produtor do Projeto.

    Apoio

    O apoio a Cartola O Mundo é um Moinho é do Ministério da Cultura, do Museu do Samba, patrocínio da Rede, Renner, Transportadora oficial Avianca e promoção da Rede Globo. Idealizado pelo ator e produtor Jô Santana, dramaturgia de Artur Xexéo, direção e encenação de Roberto Lage, pesquisa de Nilcemar Nogueira - neta de Cartola e secretária de cultura do Rio de Janeiro - e direção musical de Rildo Hora.

    O espetáculo estreou em São Paulo com grande sucesso, foi visto por mais de 27 mil pessoas em 30 apresentações. Desembarcou no Rio de Janeiro em março e sua última apresentação, no último mês de maio, reuniu um total de 29 mil espectadores em 45 apresentações.

    Na sua primeira temporada, realizada em São Paulo, “Cartola – O Mundo é um Moinho”  recebeu indicações a sete prêmios: Melhor Visagismo - Prêmio Arte Qualidade Brasil, Melhor Ator Flavio Bauraqui - Prêmio Aplauso Brasil, Melhor Espetáculo Musical - Prêmio Aplauso Brasil, Melhor Ator Flavio Bauraqui - Prêmio APCA, Melhor ator Flavio Bauraqui - Prêmio Revista Quem, Melhor Musical Prêmio Botequim Cultural, Melhor Ator Flávio Bauraqui Botequim Cultural. Sendo premiado até o momento como Melhor Espetáculo Musical Prêmio Aplauso Brasil.

    Cartola O Mundo é um Moinho contou ainda com apresentações das Velhas Guardas das Escolas de Samba de São Paulo: Mocidade Alegre, Camisa Verde e Branco, Vai Vai, Tom Maior, Peruche, Nenê de Vila Matilde, entre outros, e no Rio de Janeiro: Mangueira, Portela, Vila Isabel, Imperatriz Leopoldinense, Mocidade Independente de Padre Miguel, entre outros.

    Serviço:
    Musical Cartola O Mundo é um Moinho
    Dia: 05 de Agosto, às 21h.
    Local: Teatro Rio Vermelho, av. Paranaíba com rua 4, nº 1400, Centro
    Censura: 12 anos
    Duração: 2 horas e meia
     
    Vendas:
    Cartão de crédito: www.compreingressos.com e call center 4052-0016
    DrogaVet 3928-1770
    Komiketo da T-4, no Setor Serrinha
     
     Valor dos Ingressos:
    Plateia Inferior (Fila A até M)
    INTEIRA R$ 120,00 / MEIA R$ 60,00
     
    Plateia Inferior (Fila N até T)
    INTEIRA R$ 100,00 / MEIA R$ 50,00

    Plateia Superior
    INTEIRA R$ 80,00 / MEIA R$ 40,00

    Informações: (62) 3219-3300/3400
     
    Ficha Técnica:
    Idealização: Jô Santana
    Dramaturgia: Artur Xexéo
    Direção e Encenação: Roberto Lage
    Pesquisa: Nilcemar Nogueira
    Direção Musical: Rildo Hora
    Coreografia: Alex Morenno

    Elenco: 
    Flávio Bauraqui, Hugo Germano, Adriana Lessa, Silvetty Montilla, Augusto Pompêo, Edu Silva, Renata Vilela, Ivan de Almeida, Larissa Noel, Lu Fogaça, Andrea Cavalheiro, Grazzi Brasil, Flávia Saolli, Lica Oliveira, Paulo Américo, Leonam Moraes, Rodrigo Fernando e  Léo França.
    Diretora Assistente:Joanah Rosa
    Diretor Residente: Ricardo Gamba
    Direção Musical: Rildo Hora
    Direção Musical Assistente: Guilherme Terra
    Preparação Vocal: Guilherme Terra
    Arranjos: Rildo Hora
    Arranjos vocais e música incidental: Guilherme Terra
    Composição Original: Arlindo Cruz e Igor Leal
    Designer de Som: Bruno Pinho
    Piano e Regência: Guilherme Terra
    Figurino: Luciano Ferrari
    Cenografia: Paula de Paoli
    Diretor de palco: Ricardo Santana
    Iluminação: Fran Barros
    Visagismo: Eliseu Cabral
    Comunicação: Simone Galiano
    Comunicação Visual: Rafael Porazza
    Assessoria Jurídica: Mario Mafra
    Coordenação de Produção: Carmem Oliveira
    Produção de Elenco: Ricardo Gamba
    Fotografia Artística Estúdio: Vânia Toledo
    Fotografia Cena: Lenise Pinheiro
    Direção Financeira: Dani Correia 
    Gestão de Leis de Incentivo: Correia Cultural
    Realização: Fato Marketing & Produções


    (Fotos: Aline Aquino)