Música no Garden apresenta Ana Cañas
    Show encerra a programação de férias do Flamboyant Garden Festival


     

     

    A cantora e compositora paulista Ana Cañas se apresenta no Flamboyant Garden Festival, dia 2 de agosto, quarta-feira, às 19h30, no encerramento da programação. Ana acaba de lançar o Clipe Respeita, que traz forte mensagem contra violência de gênero e, contou com a participação de 86 mulheres entre atrizes, grafiteiras, cantoras e outras personalidades.

    "É sempre uma alegria cantar em Goiânia, ainda mais a convite de um grande shopping que sempre valoriza a música, em eventos que oferecem acesso ?atodos e de forma democrática. Adoro a cidade. As pessoas sempre me recebem com muito carinho e alegria. Também por isso, já fico imaginando o grande astral desse encontro", disse.

    Para a apresentação no Música no Garden a artista selecionou um repertório especial. Além do sucesso Respeita, Ana Canãs interpretará Tô na Vida, Mulher, Será que Você me Ama?, Rock and Roll (Led Zeppelin), Urubu Rei, Para você guardei o amor, Hoje Nunca Mais, Esconderijo e Eu amo Você de Tim Maia.

    O Flamboyant Garden Festival é uma programação de eventos do Flamboyant Shopping Center que reúne atrações com entrada franca para todas as idades. Além de projetos culturais para o período de férias - Música no Garden, Cinema no Garden e o Teatro no Garden, o sucesso de público também ficou por conta do Food Garden, evento gastronômico que contou com a participação de diversas marcas do empreendimento. Esse ano, a programação do Música no Garden também contou com show da banda internacional Double You, abrindo a temporada.


    Serviço
    Flamboyant Garden Festival apresenta Música no Garden
    Show Ana Cañas
    Data: 2 de agosto
    Horário: às 19h30
    Acesso: aberto ao público

    Sobre Ana Cañas

    Ana Canãs, cantora e compositora brasileira formada em Artes Cênicas pela ECA/USP, estreou em 2007 no cenário musical nacional com o lançamento do álbum"Amor e Caos"(Sony Music), que traz as primeiras composições autorais da artista e uma versão para a canção "Coração Vagabundo", de Caetano Veloso.

    O álbum de estreia foi muito elogiado pela crítica especializada, considerando Ana a grande revelação musical do ano. Em 2008, participou da edição do programa Som Brasil Cazuza, e que concorreu ao Prêmio Multishow 2008, na categoria Revelação.

    Em 2009, Ana lançou o segundo disco de estúdio, intitulado "Hein?"(Sony Music), que contêm parcerias com Arnaldo Antunes e a participação de Gilberto Gil ao violão. A canção "Esconderijo", de autoria da própria artista, alcançou projeção nacional ao integrar a trilha sonora da novela de Manoel Carlos, Viver a Vida. "Esconderijo" também foi eleita pela revista Rolling Stone uma das melhores músicas do ano e ganhou clipe em película dirigido por Selton Mello.

    Ainda em 2009, Ana grava, a convite do cantor e compositor Nando Reis, a música "Pra Você Guardei O Amor", dueto que se tornou um grande hit nacional. Em 2012, Ana retorna ao estúdio e lança o disco "Volta", o primeiro pela gravadora Som Livre.

    O álbum contém uma versão para "Rock And Roll", do Led Zeppelin e as músicas autorais "Será Que Você me Ama?" e "Urubu Rei", entre outras. Posteriormente, o disco transformou-se no show "Coração Inevitável" e contou com a direção e iluminação de Ney Matogrosso. O show foi registrado e lançado em DVD em 2013.

    Em 2015, Ana Cañas lança seu quarto álbum de estúdio e o primeiro totalmente autoral, "Tô Na Vida", e no dia 6 de julho foi lançado o single homônimo do disco que ganhou clipe dirigido pela própria Ana em parceria com Philippe Noguchi.

    Em entrevista, Ana revelou que o disco "Tô na Vida" nasceu do desejo de equiparar o som do disco com a energia dos shows e das performances ao vivo. É um disco mais roqueiro, gravado ao vivo, de maneira orgânica e mixado por Mario Caldato.

    Em 2016, a cantora faz a sua estreia nacional nos cinemas, ao participar do longametragem "Amores Urbanos" da diretora Vera Egito (com quem Ana já havia trabalhado anteriormente no clipe de "Urubu Rei" e no DVD "Coração Inevitável").

    No filme, Ana interpreta a homossexual Duda, que têm problemas para assumir publicamente o relacionamento com a namorada. O filme foi exibido em diversos festivais internacionais e ganhou elogios da imprensa especializada.

    Este ano, Ana realizou uma temporada do novo show Mulher galáxia em São Paulo, dirigido por Marcus Preto. No repertório, Tim Maia, Lucinha Turnbull, Edgard Scandurra e Roberto Carlos.

    No dia 13 de Maio (dia da Abolição), Ana lançou o single da música inédita "Respeita", que ganhou clipe dirigido por João Wainer e Isadora Brant. A produção conta com a participação de 85 mulheres, incluindo Elza Soares, todas líderes e representantes de movimentos sociais e resistências, todas feministas.