Flamboyant recebe o musical Sítio do Picapau Amarelo em livre adaptação da obra de Monteiro Lobato
    Em apresentação única no dia 22 de setembro às 17 horas, a apresentação sob direção e adaptação de Luiz Roberto Pinheiro, aborda um enredo clássico do folclore brasileiro, porém com uma pitada especial com valores contemporâneos

     


    Em ritmo de superprodução o Flamboyant Shopping Center traz um programa para toda a família, dia 22 de setembro, o musical Sítio do Picapau Amarelo, de Luiz Roberto Pinheiro uma livre adaptação da obra de Monteiro Lobato.  A exemplo dos espetáculos anteriores do diretor, este vem cheio da magia do folclore Brasileiro e prende a atenção tendo de adultos quanto de crianças. Com duração de 1 hora, o musical é composto por vários efeitos cenográficos, 90 peças de figurino e atores talentosos. As cinco canções apresentadas são originais e foram compostas especialmente para a montagem pelo musicista Can Kanbay. Os ingressos para o musical, estarão disponíveis para compra a partir do dia 6 de setembro no Piso 1 do Flamboyant Shopping,  em frente loja C&A. 

    O diretor artístico da companhia, Luiz Roberto Pinheiro ressalta que a história apesar de ser totalmente faz-de-conta, insere valores como criança não namora. Esse adendo autor da adaptação foi escrito magistralmente pela psicopedagoga Fabíola Sperandio, onde na cena de extrema delicadeza, é abordado o tema com muita clareza de uma forma simples, porém sábia. Além disso, traz com muita clareza outros  valores familiares como: o respeito, a compreensão e principalmente o perdão. Além disso, o espetáculo é dosado com cenas divertidas e cheias de aventuras, explica. 

    Entre os personagens estão o Saci Pererê, O Jeca Tatú, a Cuca, a dona Carochinha (que é a autora de todas as histórias infantis), o Príncipe Escamado - e todos os habitantes que vivem no Reino das Águas Claras, além de Dona Benta, tia Nastácia, Pedrinho, Narizinho, Emília, Visconde de Sabugosa, marquês de Rabicó, dentre outros. 

    Sinopse
    Tudo começa, quando Pedrinho, Narizinho, Visconde e Emília, estão brincando de esconde-esconde na sala, quando descobrem Rapunzel escondida dentro de um baú de retalhos de costuras. Nesse momento aparece a Carochinha tentando apanhá-la, de forma cruel e pouco civilizada. Os moradores do Sítio, revoltados com a postura da megera, aceitam um desafio que a bruxa propõe, na condição de libertar a princesa para sempre. A partir disso a aventura começa, onde são inseridos outros personagens de histórias infantis como o Shrek, a Princesa Mérida, o Príncipe Escamado do reino das Águas Claras, além da misteriosa caverna da cuca, com a devida proprietária.  No final, o bem vence o mal, e todos continuam felizes para sempre.

    Sobre a obra
    O Sítio do Picapau Amarelo é uma série de 23 volumes de literatura fantástica, escrita pelo autor brasileiro Monteiro Lobato (entre 1920 e 1947). A obra tem atravessado gerações e geralmente representa a literatura infantil do Brasil. O conceito foi introduzido de um livro anterior de Lobato, A Menina do Narizinho Arrebitado (1920), a história sendo mais tarde republicada como o primeiro capítulo de Reinações de Narizinho (1931), que é o livro que serve de propulsor à série de Sítio do Picapau Amarelo. Precedentemente, Lobato já havia publicado os volumes O Saci (1921), Fábulas (1922), As aventuras de Hans Staden (1927) e Peter Pan (1930).

    Sobre a Pinheiro Produções Artísticas

    Fundada em Goiânia, em mais de duas décadas de atuação, a Pinheiro Produções Artísticas Ltda circulou por diversas regiões brasileiras a exemplo de Goiás, São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro, Sergipe e Distrito Federal. A proposta sempre foi trazer para o público infanto-juvenil as delícias do mundo do faz de conta com esmero, profissionalismo e aquele frio na barriga tanto para os atores quanto  para os espectadores que somente o teatro proporciona.

    Do encantamento dos mestres da literatura infantil universal, passando aos Irmãos Grimm, que criaram o origina Branca de Neve, a Lewis Carroll e autores nacionais, desde Monteiro Lobato, Ziraldo e até Pedro Bandeira são recorrentes nas montagens da companhia sempre resultando numa viagem lúdica e capaz de abrir a mente dos pequenos para a fantasia.

    Serviço:
    Musical Sítio do Picapau Amarelo
    Classificação: Livre
    Dia: 22 de setembro
    Local: Deck Sul 1, Flamboyant Shopping
    Horário: 17:00 horas
    Duração: 1h

    Informações: (62) 3546-2016

    Ponto de vendas: Piso 1 do Flamboyant Shopping,  em frente loja C&A.

    Valores* 

    Setor Vermelho - R$80,00 (inteira) - R$40,00 (meia entrada)

    Setor Verde - R$60,00 (inteira) - R$30,00 (meia entrada)

    *Crianças com até 04 (quatro) anos de idade podem entrar sem convites e ocupar a mesma cadeira do seu responsável e/ou representante legal, mediante apresentação de respectiva documentação e ingresso do seu responsável. Crianças maiores que 04 (quatro) anos deverão adquirir convites.

    Ficha Técnica:
    Da obra de: Monteiro Lobato
    Adaptação e direção: Luiz Roberto Pinheiro
    Musica: Can Kanbay
    Letras e direção musical: João Marcelo
    Coreografia: Danilo Santana
    Design de luz: Claudio Galvão
     Operador de som e microfones : Gabriel Francisco
    Maquinaria e efeitos especiais: Onofre Filho
    Animação gráfica: Mandra Filmes
    Cenários virtuais: Paulinho Pessoa
    Telões cenográficos e adereços cênicos: Roberto Rodrigues
    Figurinos: Leleko Diaz
    Adereços cênicos:  Késsia Coutinho
    Estúdio e trilha: Tambor Estúdio
    Operador de áudio: Daniel
    Fotografias: Henrique Ishib e Jhonnatas Tavares
    Realização: Pinheiro Produções Artísticas