Quality Hotel Goiânia celebra a arte em 21 esculturas


 

 


Nas mãos do artista plástico Tyrone César de Paula uma barra de metal bruto ganha curvas retorcidas e acabamentos primorosos, que instigam o espectador à liberdade de pensamento. Mineiro de Uberlândia, mas radicado em Goiás há cerca de cinco décadas, o autodidata tem na fundição, uma das características mais significativas da sua obra abstrata.

Tyrone dá preferência a materiais como alumínio, bronze, aço carbono, resina e madeira, de onde cria diversidades de ligas, texturas e revestimento em tons metalizados, coloridos ou aparentes. A inspiração, segundo ele, aparece no momento em que o artista olha para a rigidez do material. O resultado são peças contemporâneas divididas em esculturas, painéis e objetos, que personificam e dão um ar de modernidade ao ambiente.

Para homenagear a beleza deste trabalho, o Quality Hotel Goiânia, selecionou vinte e uma esculturas do artista, que decoram as áreas interna e externa do empreendimento. As obras foram feitas em aço, alumínio e bronze e convidam a observar a proposta do artista para um lugar que remete ao descanso. As cores são diversas, como forma de demonstrar a versatilidade que ronda a técnica do aço fundido.

Acostumado a participar de exposições individuais e coletivas em Goiás, Tocantins, Distrito Federal e Rio de Janeiro, Tyrone lembra que no começo, aos 19 anos, era a arte sacra barroca de Veiga Valle, goiano do século XIX, que o inspirava. Começou fazendo esculturas entalhadas na madeira.

Hoje, a arte de Tyrone está caracterizada especialmente no abstrato, mas também no figurativo, quando se trata de alguns painéis recentes. Em Goiânia, obras assinadas pelo artista podem ser vistas nas avenidas Paranaíba, no Centro; na 136 e na Ricardo Paranhos, no Setor Marista.



Informação à imprensa:
Assessoria de Imprensa (Quality Hotel Goiânia)
FatoMais Comunicação
Tel.: (62) 3942-1999 / 9 9205-1517 / 9 9222-0362
Ana Paula e Silva / Dienys Rodrigues 
fatocomunica@gmail.com