O 5º princípio do cooperativismo de crédito
    Celso Figueira



    O quinto princípio do cooperativismo traz como mote algo primordial nesse momento para ajudar nossos associados e a população em geral - trata da promoção da educação, da formação de pessoas e a informação sobre as vantagens da cooperação. Por aqui, o nosso segmento de cooperativismo de crédito é considerado um setor essencial e, por esse motivo, continuamos disponíveis de portas e canais interativos abertos. É claro que o cenário exigiu adaptações de todos e também contingenciamento. Nesse sentido, visando colocar o mínimo de pessoas em exposição, orientamos sempre aos nossos associados que fiquem em casa. A maioria dos serviços e atendimentos pode ser feita tanto pelos canais telefônicos e de WhatsApp, quanto pelo aplicativo do Sicredi.

    Em âmbito regional, a Sicredi no Centro-Oeste está prorrogando todas as operações válidas em 60 dias, a partir da solicitação do associado. Adaptamo-nos também à nova modalidade de crédito agora disponível pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para conseguirmos oferecer a modalidade de pagamento da folha de colaboradores. Disponibilizamos a opção de Venda Digitada, que são ações de pagamento para associados empreendedores, sem custos, feitos por link, similar a uma venda on-line. Promovemos a prorrogação das parcelas de consórcio e fizemos a renovação automática dos seguros vigentes, mediante autorização do associado, visando garantir que permaneçam com seus bens segurados neste momento.

    Nacionalmente, o Sicredi trabalha novas ferramentas para que os cooperados fiquem em casa, e entre os resultados estão dispositivos para se aproximar, mesmo que remotamente através de conteúdos e soluções. Uma dessas iniciativas é a série de podcasts "Análise do Dia - Um Podcast do Sicredi", comandado pelo economista-chefe do Sicredi, Pedro Ramos. Nos áudios, ele aborda diariamente os reflexos da crise gerada pelo coronavírus na taxa cambial e no mercado financeiro, além das medidas tomadas para minimizar impactos. Os podcasts são divulgados à noite, de segunda a sexta-feira, no site do Sicredi (www.sicredi.com.br/economia) e também nas plataformas digitais Spotify, Deezer, Apple Podcasts e Google Podcasts.

    Em meio a este cenário, o agronegócio continua a desempenhar seu papel central de produzir alimentos. E visando contribuir para a manutenção da produção, permitindo que os agricultores possam continuar garantindo o abastecimento e o acesso da população aos alimentos, aconteceu também a parceria do Sicredi com as marcas Bayer, Orbia e o AgTech Garage. Juntas lançaram, no dia 31 de março, o Desafio Covid-19: soluções digitais para o agronegócio. O objetivo foi promover a difusão e a adoção de ferramentas de startups que serão selecionadas por apresentarem soluções confiáveis e de alto impacto em toda a cadeia produtiva no enfrentamento aos efeitos da pandemia do novo coronavírus. As ferramentas serão oferecidas gratuitamente a produtores rurais por um período de dois meses.

    Outra interrupção importante acontece no setor de indústria e comércio, que em muitos casos vem se sustentando por meio de uma alternativa eficaz de marketplace on-line. Nesse contexto, o aplicativo Sicredi Conecta permite aos associados do Sicredi anunciarem e venderem produtos e serviços entre si. Desenvolvido pela startup Hallo por meio de resultado do programa Inovar Juntos, a ferramenta tem sido usada não apenas como maneira de manter a operação de empresas em andamento, mas também por pessoas que querem adquirir e comercializar produtos e serviços sem sair de casa. Trata-se de forma segura, que ainda traz as facilidades de pagamento oferecidas pelo Sicredi. Muito mais do que oferecer crédito, a plataforma possibilita que os usuários divulguem seus negócios e façam vendas on-line, mostrando a relevância de seus produtos e serviços, o que, consequentemente, ajuda a movimentar a economia.

    Celso Figueira é bacharel em Direito, especialista em Gestão de Empresa Cooperativa e presidente da Central Sicredi Brasil Central.